Xana Sousa

EXPOSIÇÕES

- Off-Site, Galeria Underdogs, Palácio Principe Real, Lisboa, 2019

- Mano-A-Mano, Atelier Contencioso, Curadoria Jorge Catarino, Galeria Águas-Livres 8, Lisboa, 2019;

- Exquisito – Incertezas Absolutas nas Artes Visuais, Arte Pública, Telheiras, 2018;

- Como Pedro por mi casa, 10 Festival de Livros Ilustrados, La Central del Raval, Barcelona, ’18;

- Bendito entre as mulheres, Curadoria Sandro Resende, Pavilhão 31, Lisboa, 2017;

- BLUR, Curator Ted G. Decker, phICA - Phoenix Institute of Contemporary Art & MCC Art Gallery, Mesa Community College, Mesa, Arizona, USA, 2017;

- Torre de Madeira, Atelier Contencioso - mOstra, Museu da Carris, Lisboa, 2017;

- mOstra’17, Rua da Imprensa Nacional 67, Lisboa, 2017;

- Tudo o que se imagina, Atelier Contencioso, Museu Geológico, Lisboa, 2016

- Crescendo, com Rui Dias Monteiro, Critical Cities - Plano Lisboa, 2016;

- Os Espacialistas no Palácio - O Palácio vai nu, Palácio Marquês de Pombal, Oeiras, 2016;

- Tempos de Vista - Circuitos de Repetição, Viarco - Fábrica de Lápis, S. João da Madeira, 2015;

- Como Pedro por mi casa, 8º Festival de Livros Ilustrados, La Central del Raval, Barcelona, ‘14;

- Estado de Sítio, Plataforma Revólver Art Edifício Transboavista, 2014.

 

PROJECTOS SITE-SPECIFIC

- Das Dez Ao Meio Dia, Apoio Óbidos Município, Centro 2020, Portugal 2020, Óbidos, 2018;

- Golden Poops in The Woods - The Water Closet Projecto, Apoio OLI, LxFactory, WC - 3º Piso, Lisboa, 2016;

- Mamba de Jameson, Pensão Amor, Apoio Jameson Irish Whisky, Lisboa, 2016;

- Instalação Rio Maravilha, Rio Maravilha - LxFactory, Apoio Mainside, Lisboa, 2015.

Como artista visual, Xana Sousa desenvolve o seu trabalho artístico na área do desenho e da pintura, em projectos site-specific, fazendo intervenções sobre papel, tecidos e novos materiais, partindo de diferentes pontos referenciais tocando conceitos como memória voluntária e memória involuntária, passado e presente, exterior e interior, numa tentativa de inventar um lugar próprio e pessoal de forma a construir uma identidade. Segundo uma visão pessoal pretende investigar a relação que tem como sujeito em determinados espaços e como esses espaços, habitados por diversos elementos, contribuem para a formação e amplitude do indivíduo. Nestes últimos anos tem experimentado novos materiais nos quais possa aplicar a técnica de desenho, entre eles cianotipia, cimentos e cera de abelha, procurando sempre que o trabalho traslade a intenção de um processo que é contínuo e que implica repercussão sobre um passado existente, um presente que existe e um futuro que existirá. As questões que fazem parte deste problema têm sido divididas nos seguintes núcleos: Sujeito, Memória, Tempo e Espaço, abordando as relações entre Sujeito – Espaço, Espaço – Objecto, Objecto – Sujeito, inter-ligadas pela questão da memória.

CONTACTOS

mostra@mostra-online.com

+351 919 197 354

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon

MOSTRA @ 2020  |  Terms  |  Privacy